7 dicas para controlar e diminuir a ansiedade

Fonte: Anna Schwartz – Noticas Prime (30/01/19)

 

A ansiedade é um mal cada vez mais comum. Estima-se que mais de 18 milhões de brasileiros convivam com a ansiedade atualmente, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). Embora a ansiedade patológica necessite de acompanhamento especializado, incluindo médicos e outros profissionais de saúde, algumas práticas cotidianas podem ajudar em casos mais leves.

 

Pessoas que sofrem de distúrbios de ansiedade sentem uma preocupação e medo extremos em situações simples do quotidiano. Além disso, a ansiedade caracteriza-se por um estado de mal-estar, desconforto, insegurança e, muito frequentemente, pela sensação de que algo desagradável está para acontecer Além dos medicamentos convencionais, existem algumas alternativas naturais que podem nos ajudar a controlar a ansiedade. Confira abaixo, sete dicas de como diminuir a ansiedade:

 

1. Pratique atividades físicas

Praticar exercícios físicos ajuda a liberar endorfinas, o “hormônio do prazer”, que promove relaxamento e sensação de bem-estar. Além disso, pode melhorar a sua qualidade de vida em todos os aspetos.

Caminhar três vezes por semana, por pelo menos meia hora, já pode ajudar a lidar com a ansiedade. O momento da caminhada, além de ser um exercício para o corpo, também pode ser aproveitado para trabalhar a mente, sob a forma da meditação ativa.

 

2. Evite pensamentos negativos

Em situações de ansiedade que se estendem por longos períodos, recomenda-se que a pessoa evite os pensamentos negativos ou catastróficos. Deve-se tentar dimensionar a gravidade da situação, questionando a si mesmo se existe uma forma alternativa de análise.

Uma vez avaliada a situação, devemos substituir os pensamentos sobre o evento temido, principalmente os negativos. Sempre que um pensamento negativo se iniciar, devesse substituí-lo por outro pensamento qualquer, preferencialmente, agradável.

Isto certamente não é fácil de ser feito, mas é possível e trata-se de um aspecto importante, pois os pensamentos e as falas negativas agravam a situação, intensificando as respostas autonômicas, como o mal-estar e o descontrole respiratório.

 

3. Mantenha foco de atenção no presente

Quando sua mente está dedicada integralmente ao momento atual você tem total capacidade de análise, julgamento e ação, portanto esta é uma boa forma de controlar a ansiedade.

Quando a mente passeia aleatoriamente entre passado e futuro sem direcionamento para um planejamento você pode se perder nas ideias e a ansiedade pode iniciar ou piorar.

 

4. Esteja com quem você ama

Conviver com pessoas queridas da família, amigos e faz toda diferença na qualidade de vida. A companhia de quem amamos é especial para nosso emocional. Quem está bem vive mais relaxado e menos ansioso.

 

5. Dedique tempo para se cuidar

Reservar algum tempo do dia para você e ser capaz de ouvir suas reais necessidades, pode contribuir diretamente para o controle da ansiedade. Saber olhar para si, atender e contribuir para sua meta de vida é uma ação de grande poder para sua vida. Seja capaz de dedicar um pouco de tempo e energia a você mesmo.

 

6. Confie mais em si mesmo

Você é (ou deveria ser), sem dúvida alguma, a sua melhora companhia. Não há ninguém que estará ao lado mais tempo que você mesmo. Por isso, invista nessa bela parceria com você mesmo. Seja fiel a você. Confie mais e isso lhe dará forças para lidar com a ansiedade do dia a dia.

 

7. Cuide bem do seu momento antes de dormir

Na correria diária, é comum deixarmos de lado uma boa noite de sono. Sem o devido descanso, porém, o corpo e a mente ficam mais propensos a episódios de nervosismo e o risco de ansiedade pode crescer consideravelmente.

Ponha um freio mental em pensamentos de tomada de decisão em momentos de relaxamento. Mudar a vida dentro da cabeça na hora de ir dormir só gera ansiedade e perda de sono.